O que está por trás do distúrbio da ATM?



O dentista é um profissional que cuida da nossa saúde muito além da nossa boca. Ele também é responsável por identificar problemas na nossa face, como por exemplo os chamados distúrbios de ATM – articulação temporomandibular. Mas afinal de contas, o que é e o que causa essa alteração? Neste artigo vamos detalhar o que está por trás do distúrbio de ATM.

Mas antes de identificarmos este transtorno que atinge 15% dos adultos norte-americanos, vamos explicar melhor sobre a articulação temporomandibular, chamada de ATM. Ela é uma das articulações mais importantes do nosso corpo, já que é responsável pelos movimentos que nos permitem falar e mastigar. A ATM liga nossa mandíbula ao osso temporal do crânio, que fica ao lado das nossas orelhas.

Esse sistema só consegue funcionar adequadamente com a ajuda dos músculos da mastigação, que são responsáveis também pelo posicionamento da ATM. Quando algum fator impede que este conjunto funcione de maneira correta, o paciente pode sentir fortes dores no rosto e que podem irradiar para outras partes do crânio. Quando as dores aparecem, chamamos de disfunção temporomandibular, ou DTM.


Sintomas


Dores de cabeça insistentes, dor ao mastigar (ou ruídos como um clique, ou aparência de areia), zumbidos no ouvido, mandíbula travada ou deslocada podem ser sinais de que você está com DTM. O bruxismo, transtorno que faz o paciente ranger os dentes durante o sono, está relacionado a DTM.

O diagnóstico adequado pode ser feito por um dentista, mas nem sempre é fácil de ser feito. Os sintomas de DTM muitas vezes podem ser relacionados com outros problemas de saúde, e podem ser facilmente confundidos.


Causas


Doenças como artrite podem causar a chamada DTM, mas entre as causas mais comuns estão deslocamento e lesões tanto na articulação quanto nos músculos da mandíbula, da face e do pescoço.

O estresse também pode ser um dos causadores de DTM, pois a tensão pode influenciar os músculos da face e da mandíbula, sobrecarregando toda esta região. De acordo com a Associação Dental Americana, os distúrbios de ATM afetam principalmente mulheres em idade reprodutiva – para cada homem com DTM, existem quatro mulheres sofrendo com o mesmo problema.

Outro fator que pode causar a disfunção é a maneira como nossos dentes se encaixam quando mordemos, a chamada oclusão dentária. Por isso o diagnóstico dos distúrbios de ATM pode ser feito por um dentista, que vai indicar ao paciente o tratamento mais adequado.


Tratamento


Apesar de ainda não existir cura para a DTM, algumas medidas podem ser tomadas para aliviar os sintomas, sempre indicadas por um dentista.

O uso de analgésicos e relaxantes musculares, combinados com a aplicação de compressas quentes no local, podem diminuir a dor e possíveis espasmos no local. Utilizar um protetor bucal também contribui na hora de dormir, para não haver ranger de dentes ou pressão excessiva na mandíbula.

E já que o estresse pode ser um dos causadores dos distúrbios da ATM, procure relaxar e evitar pressão desnecessária nos seus músculos da face.


Ligue e agende uma avaliação odontológica, sem compromisso: 41 3285-8989 - 41 99999-1810.

Dentville odontologia